Ansiedade e controle da diabetes

Se mesmo antes da pandemia a população brasileira já era considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o povo mais ansioso do mundo, com o contexto de medos e de incertezas arrastado pela crise sanitária, mais ainda os brasileiros se consideram ou podem ser classificados como ansiosos.

O diabético já possui naturalmente mais motivos para se preocupar, estar ansioso, no que diz respeito aos controles de sua rotina e tratamento. Em momentos com maiores fontes potenciais de estresse, é ainda mais necessária a observação constante de sinais de tensão crônica ou de crises de ansiedade, como o aumento da frequência cardíaca e respiratória, dor muscular e, claro, dificuldades de manter estáveis os níveis da glicemia e/ou da pressão arterial.

 

A ansiedade crônica, uma condição contínua ou prolongada de estresse, pode impactar diretamente o controle da glicemia, sobretudo em diabéticos – geralmente hipoglicemia para aqueles do tipo 1 e hiperglicemia para os classificados em tipo 2 (mais de 90% dos diabéticos).

 

Por que isso acontece?

Uma das respostas biológicas que temos ao estresse é a ativação da liberação de um conjunto de hormônios, como o cortisol e a adrenalina, que sinalizam ao corpo a necessidade de uma grande quantidade de energia. A insulina então é chamada para fazer o trabalho de levar glicose para as células, a tal energia, mas o corpo diabético apresenta dificuldades em receber e processar essa glicose.

Com isso, no caso do diabetes do tipo 2, que atinge em maior proporção pessoas com mais de 40 anos e/ou com excesso de peso em gordura corporal, os níveis de glicose tendem a se elevar, mesmo sem o diabético ter se alimentado.

Medidas para melhor lidar com situações estressantes que desencadeiam a ansiedade podem incluir pausas para meditação, exercícios respiratórios e atividades prazerosas que rebaixem a cascata hormonal do estresse. Toda prática de relaxamento que é incluída na rotina é bem-vinda.

 

Atenção no presente gera tranquilidade e contribui para o controle glicêmico e da vida como um todo!

 

Everson Bertazo – Enfermeiro AIS – Coren/SC 134.791

COLENCI, Bibiana Prada de Camargo. O que você precisa saber sobre estresse e diabetes. Sociedade Brasileira de Diabetes. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/publico/temas-atuais-sbd/1245-o-que-voce-precisa-saber-sobre-estresse-e-diabetes. Acesso em: 24 mai. 2021.