Números da pandemia revelam que cuidados ainda são necessários

A pandemia de covid-19 não acabou. Por mais que pareça que a situação foi amenizada os números revelam um panorama grave. Já são 550 mil mortes no Brasil e 17.800 óbitos em Santa Catarina. A média móvel de mortes diárias no país ainda está acima de mil e a média de novos casos da doença permanece acima de 44 mil por dia. Em Santa Catarina persiste a média de 32 óbitos por dia e mais de 1.700 novos casos de covid-19 todos os dias.

Embora a vacinação tenha melhorado os indicadores com relação à curva do início do ano, o drama continua e os riscos ainda são elevadíssimos para todos. Há ainda a ameaça de novas variantes do vírus que têm dificultado o rebaixamento do índices de contaminação.

Na pequena comunidade dos beneficiários da SIM já enfrentamos cerca de 40 óbitos pela doença e suas complicações.

Vacinação

A vacinação continua sendo a única luz no final do túnel. No mundo, no Brasil e em Santa Catarina o avanço da imunização já mostra resultados positivos, com edução de mortes, internações e casos mais graves nas faixas já imunizadas. Por isso fazer a imunização completa, com as doses recomendadas dentro do prazo prescrito é fundamental.

A vacinação, segundo os estudos de imunologia, só funciona como ação coletiva. Embora seja uma importante defesa individual, seu funcionamento para efeito de controle da pandemia é coletivo e só acontece com grandes contingentes imunizados. Até o momento o país tem menos de 18% da população totalmente imunizada. Santa Catarina segue a mesma média.

Impacto na SIM

Além da insuperável perda da vida de cerca de 40 beneficiários por covid-19, a SIM também contabiliza um grande impacto financeiro que já passa de R$ 12 milhões (veja matéria completa aqui), desestabilizando as projeções e o equilíbrio financeiro do plano.

Cuidados continuam

Por tudo isso, é necessário e importante que todos continuem vigilantes e cuidadosos com relação aos riscos de contaminação. Vacine-se e estimule seus amigos e familiares a seguirem o calendário de imunização. Mesmo vacinado, mantenha os cuidados com a higiene, especialmente usando álcool gel nas mãos e utilizando máscaras em ambientes públicos e quando estiver na presença de outras pessoas que não sejam de seu círculo restrito de convivência. Em todas as oportunidades observe o distanciamento social de pelo menos 1,5 metro e evite locais com concentração de pessoas.

O combate à pandemia e a volta da normalidade em todos os sentidos dependem da soma de atitudes individuais e da imunização coletiva. Faça a sua parte preserve a sua vida e a vida de todos.