Para a saúde do coração, cuide da sua alimentação

No dia 19 de setembro é celebrado o Dia do Coração com o objetivo de conscientizar a população sobre a saúde cardiovascular. Dentre outros fatores, a alimentação é um dos determinantes para a manutenção de um coração saudável. Desenvolvida pelo Ministério da Saúde e pelo Hospital do Coração (HCor), a Alimentação Cardioprotetora, também conhecida como Dica BR (Dieta Cardioprotetora Brasileira), é simbolizada pela bandeira do Brasil e dividida em grupos alimentares de acordo com as cores da bandeira:

Grupo  Como deve ser o consumo? Quais alimentos estão no grupo?
Verde O grupo verde é composto por alimentos que devem ser consumidos em maior quantidade e que contêm substâncias que protegem o coração (vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes).  Verduras, frutas, legumes, leguminosas, leite e iogurtes desnatados ou semidesnatados, cereais integrais (arroz integral, aveia, linhaça).
Amarelo Os alimentos desse grupo devem ser consumidos com moderação, pois podem ter mais calorias, gordura ou sal do que os do grupo verde. Pães, cereais (arroz branco), tubérculos cozidos (batata, mandioca, mandioquinha, etc.), farinhas refinadas (mandioca, tapioca, milho, rosca), oleaginosas (castanha-do-Brasil/Pará, nozes), carnes brancas (peixe, frango).
Azul O grupo azul deve ser consumido em menor quantidade, pois contém alimentos que são fontes de gordura saturada, sal e colesterol, nutrientes que podem prejudicar a saúde do coração. Carnes (de boi, porco), queijos amarelos, ovos, manteiga, leite condensado, creme de leite, doces caseiros (pudim, bolos, tortas).
Além dos grupos alimentares recomendados, existe o grupo vermelho, que não é recomendado para uma alimentação saudável e o ideal é evitá-lo. Esse grupo é composto por alimentos ultraprocessados, que contêm aditivos e excesso de alguns ingredientes, como gordura vegetal hidrogenada, açúcar e sódio (sal).

Para uma boa refeição, respeite a proporção entre os grupos verde, amarelo e azul!

Fonte: MINISTÉRIO DA SAÚDE. Hospital do Coração. Alimentação Cardioprotetora. Brasília, 2018. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/alimentacao_cardioprotetora.pdf. Acesso em: 23 ago. 2021.