O diabetes e o cuidado com os pés durante as atividades físicas.

O diabetes se caracteriza por uma disfunção na produção ou na absorção da insulina pelo organismo. Nossas células utilizam como substrato energético a glicose, porém a insulina é o facilitador da entrada da glicose na célula. Quando a quantidade de produção é insuficiente para a quantidade de glicose disponível, parte desta permanece livre na circulação, o que pode trazer complicações para tecidos e órgãos.

Além de ser um dos pilares da prevenção do diabetes, ter uma vida ativa é também um dos principais auxiliares no tratamento da doença. A atividade física melhora a sensibilidade à insulina, facilitando ao organismo a utilização da glicose como substrato energético. Tanto as atividades aeróbicas (caminhada, corrida, natação, ciclismo, etc.) quanto os exercícios de força (musculação, crosstraining e outras atividades com peso) são benéficos ao portador de diabetes.

Com relação à atividade física e ao diabetes, a atenção com os pés é importante, pois entre as complicações da doença está a neuropatia periférica, sendo o pé uma das regiões mais afetadas por esta condição, conhecida como “pé diabético”. Nela, ocorre a perda progressiva da sensibilidade protetora de extremidades e, por conta disso, muitas vezes uma lesão no local pode não ser percebida. Com o agravamento da lesão, em casos extremos, pode acarretar uma amputação.

Deste modo, deve-se redobrar os cuidados com os pés, já que a atividade pode levar ao desenvolvimento de lesões e um ferimento no local pode interromper a rotina ativa. Mantenha uma rotina de cuidados diários:

  • Examine sempre seus pés antes e após a prática de atividades físicas, observando se há rachaduras, calos, bolhas, pequeno corte ou feridas, inchaços no pé ou lesões entre os dedos. Caso não consiga examinar integralmente os pés, você pode utilizar um espelho ou pedir para alguém examiná-los para você.
  • Apare as unhas com cuidado, principalmente nas laterais. Se possível frequente regularmente um podólogo ou peça para alguém de sua confiança aparar para você. Utilizar cremes hidratantes regularmente também pode ajudar a evitar rachaduras por ressecamento.
  • Escolha bem seus calçados de treino, evite modelos com solado duro e/ou bico fino. A respirabilidade também é importante, então prefira calçados com tecidos que permitam a troca de ar com o ambiente para evitar que seus pés fiquem úmidos, pois a umidade poderá favorecer infecção por fungos.
  • Ao escolher suas meias para a prática de atividades físicas, dê preferência às de algodão, sem costura, sem elástico e, se possível, brancas. As meias sintéticas e coloridas podem causar irritação na sua pele.

A atividade física é uma grande aliada no tratamento do diabetes. Por isso cuide de seus pés para que você possa seguir uma vida ativa e sem preocupações.

Jackson R. Ricardo – Profs. de Educação Física- 025490-G/SC