sábado, junho 25, 2022
InícioBloco 2A importância da vacinação contra a gripe

A importância da vacinação contra a gripe

VACINA CONTRA INFLUENZA – MITOS E VERDADES

vacina gripeO inverno está se aproximando e com ele há um aumento das doenças gripais, muitas vezes causadas por vírus, e popularmente chamamos de gripe. Muitas pessoas nesse período apresentam sintomas como nariz entupido, coriza e tosse. Nessa época inicia-se então a campanha de vacinação contra o vírus influenza. O vírus influenza propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Com a intenção de combater as complicações geradas pela contaminação e até mesmo prevenirmos, temos as vacinas. Infelizmente o vírus influenza constantemente se modifica e por isso anualmente nova vacina é criada e uma nova campanha de vacinação inicia nas unidades públicas e privadas. Muito se fala sobre esse momento de vacinação e assim geram algumas dúvidas populares. Você já se perguntou sobre se vacinar ou não pelas conversas que temos entre amigos? Vamos descobrir as mais discutidas e se são verdadeiras ou falsas:

  • “A vacina contra a influenza pode causar a gripe”FALSO

A vacina contra a influenza não causa a gripe. Entretanto, a proteção da vacina ocorre após duas semanas da administração da aplicação e a pessoa pode se contaminar antes desse período. É importante ressaltar que a vacina pode provocar efeitos adversos como dor no local da injeção, febre e mal-estar que duram um ou dois dias, mas que não são por infecção, apenas representam uma reação do organismo à vacina.

  • “A vacina não funciona porque mesmo vacinado eu gripei”FALSO

É importante compreender que existem diversos vírus que podem causar infecções gripais e a vacina contra a gripe imuniza contra um grupo de vírus (Influenza) que pode provocar infecções mais graves. Então, a pessoa que se vacina é protegida contra esse grupo de vírus específico e previne as infecções mais graves. Porém, a vacina não evita a contaminação por outros vírus que causam sintomas mais leves. 

  • “A vacina é a melhor maneira de se evitar a gripe e suas complicações”VERDADEIRO

A vacina é segura, previne a maioria dos casos de gripe e as evidências científicas reforçam que a vacinação contra a influenza leva à proteção efetiva contra formas graves da doença. A aplicação da vacina deve ser feita antes do inverno, época em que ocorrem os maiores índices de infecção por gripe, e repetida anualmente, já que sua composição é alterada de acordo com o tipo de vírus mais provável de se multiplicar.

  • “A máscara protege contra a gripe”VERDADEIRO

Semelhante ao Covid-19, as principais medidas de prevenção contra a influenza são a vacina, o uso de máscaras e o hábito de lavar as mãos, pois a transmissão geralmente ocorre através de gotículas contaminadas com o vírus. Recomenda-se também encobrir o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, preferir ambientes bem ventilados e evitar contato próximo a pessoas que apresentam sintomas de gripe.  A pessoa que desenvolver algum sintoma, deve evitar sair de casa, fazer uso de máscara cirúrgica, lavar as mãos com frequência, ingerir bastante líquido e procurar um profissional de saúde capacitado para orientar-se e consequentemente ter a melhora dos sintomas.

E ai, quando você vai se vacinar?

Dr. Felipe Mota Rezende e Enf. Brunna Costa e Silva – CRM:21566 / COREN:503407

Fonte: Ministério da Saúde. Vademecum ampliado. Sem banalizar nem suberstimar. Influenza: aprender e cuidar. 2010. [acesso em 01 abril 2022]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/influenza_aprender_cuidar_banalizar_superestimar.pdf

ASSUNTOS RELACIONADOS