sábado, agosto 13, 2022
InícioDicas de saúdeAtividade física e prevenção da câncer de mama

Atividade física e prevenção da câncer de mama

O câncer de mama está em segundo lugar nos tipos de neoplasias malignas que mais acometem as mulheres, ficando atrás somente do câncer de pele não melanoma, que é o tipo de maior incidência no Brasil e no mundo. O câncer de mama responde, atualmente, por cerca de 28% dos casos de câncer em mulheres. No Brasil, para 2020, é estimado o surgimento de 66.280 casos novos.

Arte: Studiogstock / Freepik

Não existe somente um fator de risco para o câncer de mama, no entanto a idade acima dos 50 anos é considerado o mais preponderante. Dentre outros fatores que contribuem para o aumento no risco de desenvolver a doença estão a genética, a obesidade e o sedentarismo. Por esse motivo manter um estilo de vida ativo é extremamente importante para a prevenção do câncer de mama. Estima-se que até 12% das mortes causadas pelo câncer de mama no Brasil poderiam ser evitadas com a prática de atividades físicas regulares.

Porém o último levantamento da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) mostrou que 13,9% das mulheres das capitais brasileiras mantêm uma rotina semanal de completa inatividade física. Fora isso, 51,3% se mostraram insuficientemente ativas, ou seja, fazem menos atividade do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para obter os benefícios protetores da atividade física, sugere-se a prática de pelo menos 150 minutos ativos ao longo da semana. Para isso todo movimento conta, desde escolher as escadas ao invés do elevador, acompanhar uma sessão de yoga on-line com os colegas, fazer treinos com pesos ou até mesmo um treino feito em casa com o monitoramento de um profissional de educação física. 

Para aquelas que já estão na luta contra a doença, manter uma rotina com atividades físicas e exercícios também pode trazer vários benefícios atenuando os efeitos colaterais do tratamento.

Portanto é fundamental para a saúde da mulher que ela adote um estilo de vida ativo, buscando reduzir a exposição a comportamentos sedentários. Afinal, exercitar-se é um ato de amor e cuidado com a saúde. 

Jackson R. Ricardo – Prof. de Ed. Física – 025490-G/SC

ASSUNTOS RELACIONADOS