sábado, agosto 13, 2022
InícioDicas de saúdeDia Mundial Sem Tabaco

Dia Mundial Sem Tabaco

O Dia Mundial Sem Tabaco, 31 de maio, traz anualmente o alerta sobre este que é o maior causador evitável de mortes: o fumo.

Por que esta luta é tão importante?

  • Ocorrem mais de 20 mil mortes por câncer de pulmão ao ano no Brasil;
  • 15% da população brasileira adulta sofre de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC);
  • O tabagismo participa do desenvolvimento de ao menos 50 doenças.

O tabagismo e o aumento do risco de infecções bacterianas e virais

O hábito de fumar eleva consideravelmente o risco de infecções bacterianas e virais. Isso se explica pelo o prejuízo de resposta que fumantes possuem no sistema imunológico, associado ao processo inflamatório causado às estruturas das vias aéreas do fumante, o que compromete a capacidade funcional dos pulmões.

 Foi documentado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que os fumantes têm um risco de duas a quatro vezes maior de contrair doença pulmonar pneumocócica invasiva – uma doença associada à alta mortalidade. O risco de infecção por influenza, a gripe, é duas vezes mais alto e mais grave em fumantes, em comparação com não fumantes. No caso da tuberculose, fumantes têm duas vezes mais risco de contrair a infecção e quatro vezes maior para mortalidade por essa enfermidade.

Aumento do risco de complicações em infectados pelo novo coronavírus

Em estudo realizado entre os pacientes chineses diagnosticados com pneumonia associada ao coronavírus (covid – 19), as chances de progressão da doença foram 14 vezes maiores entre as pessoas com histórico de tabagismo em comparação com as que não fumavam. Esse foi o fator de risco mais forte entre os examinados.

Quer parar de fumar, aproveitando-se do momento de distanciamento social e ressignificação de vários aspectos da vida?

  • Pense continuamente nos ganhos que terá tanto na saúde física, quanto financeira;
  • Identifique os gatilhos que o levam a fumar, modificando ou eliminando estas práticas;
  • Evite a ociosidade, preenchendo o tempo com uma rotina bem definida.

Entre nessa luta para vencer!

  

Everson Bertazo – Enfermeiro AIS – Coren/SC 134.791

  

Fonte: Instituto Nacional do Câncer (INCA) e Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT).

ASSUNTOS RELACIONADOS