domingo, maio 22, 2022
InícioDicas de saúdeA importância do hábito da gratidão pela vida

A importância do hábito da gratidão pela vida

Com que frequência você se percebe cultivando a gratidão pela vida, por tudo o que conquistou, por suas experiências de vida e mesmo pelas pessoas que têm ao seu lado?
A gratidão, do ponto de vista científico, reúne crenças de profunda apreciação e emoções positivas. Essas intensas experiências de ser grato às coisas (mais ou menos tangíveis), às pessoas importantes ou às experiências de vida possuem o poder de conexão com o sentido e com o propósito de nossas vidas. Ser agradecido às pessoas ou aos eventos de vida nos conduz a estados emocionais que favorecem a sensação de bem-estar, o otimismo e a um maior autocontrole. Os benefícios da gratidão vão desde a diminuição dos efeitos do estresse crônico até a experiência de frequentes emoções positivas. Resultado: eleva-se o nível de satisfação com a vida e, consequentemente, proporciona a felicidade!

gratidao pela vida
Cultive o hábito de agradecer.

Segundo o renomado psicólogo e pesquisador Robert Emmons, ser frequentemente grato é fundamental para o bem-estar e para a saúde mental ao longo da vida. Da infância à velhice, as evidências acumuladas documentam a ampla gama de benefícios psicológicos, físicos e relacionais associados à gratidão (sono, imunidade, modulação do estresse).
Uma das principais razões do porquê a prática da gratidão pode nos ajudar a mudar o foco da tristeza pelo que nos falta para o contentamento com o que já temos é: nosso cérebro não pode se concentrar em coisas positivas e negativas ao mesmo tempo.
A melhor notícia é que a gratidão pode ser cultivada como um micro hábito saudável!
Como? Comece a construir um diário de gratidão. Algumas ideias práticas:
Anote 3 motivos, coisas ou situações pelos quais é grato em seu dia (não deixe de saborear as emoções positivas dessa ação).
Escreva semanalmente uma carta ou breve nota de agradecimento para alguém especial.
Procure motivos para agradecer, especialmente em circunstâncias difíceis ou perdas.

Desafie-se a desenvolver essa habilidade e essa virtude transformadora!

Everson Bertazo – Enfermeiro AIS – Coren/SC 134.791

Referência:
Emmons, R. A. (2007). Thanks!: How the New Science of Gratitude Can Make You Happier. Houghton Mifflin Harcourt; Edição: Annotated edition.

ASSUNTOS RELACIONADOS