segunda-feira, agosto 15, 2022
InícioDicas de saúdeO aleitamento materno para bebês com APLV

O aleitamento materno para bebês com APLV

Conheça a alergia à proteína do leite de vaca, seus sintomas e tratamento.

Você já ouviu falar da APLV?

A alergia à proteína do leite de vaca (APLV) é uma reação do sistema imunológico às proteínas do leite, sendo a causa mais frequente de alergia alimentar em crianças. Geralmente aparece já no primeiro ano de vida, mas costuma melhorar e/ou desaparecer após os três anos.

Tem tratamento?

O tratamento se baseia numa dieta isenta do leite de vaca e todos os seus derivados (iogurte, queijo e alimentos que possuem as proteínas do leite). Em casos de bebês que mamam no peito, as proteínas do leite de vaca ingeridas pela mãe, mesmo em quantidades pequenas, podem estar presentes no leite materno e provocar reações nos bebês.

A mãe deve parar de amamentar então?

Não, o leite materno é o padrão ouro no que diz respeito à alimentação. Neste caso, a mãe deve seguir uma dieta especial isenta de leite, sempre sob a orientação de um médico e/ou nutricionista.

No caso de a mãe ter dificuldade em realizar a dieta, existem fórmulas específicas isentas da proteína do leite de vaca. Todavia, pelo leite materno ser um alimento nutricionalmente completo, a amamentação exclusiva até o 6º mês de vida segue sendo a mais recomendada.

Maíra Fernanda Billo

Nutricionista CRN10 3012


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ALERGIA E IMUNOPATOLOGIA e SOCIEDADE BRASILEIRA DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO. Guia prático de diagnóstico e tratamento da Alergia às Proteínas do Leite de Vaca mediada pela imunoglobulina. E. Rev. Bras. Alerg. Imunopatol. 2012; 35(6): 203-233.

ASSUNTOS RELACIONADOS