sábado, junho 25, 2022
InícioDicas de saúdeSono, nossa grande força ou fraqueza

Sono, nossa grande força ou fraqueza

Em um mundo corrido em que parar é custoso, precisamos nos lembrar do básico para a saúde do nosso corpo: um boa noite de sono! Você sabia que pessoas que possuem boa qualidade de sono tem uma vida mais saudável? Com ela, recuperamos e conservamos nossa energia, que é o que nos move para viver o dia. Você já experimentou a sensação de acordar pela manhã e ainda se sentir cansado? Se o sono serve para restaurar a energia porque nos sentimos assim? A questão é que dormir muitas horas não significa dormir bem, precisamos olhar para a qualidade da nossa noite de sono. Por isso hoje, em comemoração ao dia mundial do sono que em 2022 é dia 18 de março, trazemos uma reflexão para que seu sono seja uma força ao invés de fraqueza.sono

Ao longo do tempo a medicina tem comprovado que o sono está diretamente ligado a outras condições de saúde e é extremamente importante para prevenção de doenças. Ao melhorar o sono diminuímos o risco de doenças cardíacas, obesidade, baixa imunidade, diabetes, problemas cognitivos como dificuldade de concentração. Melhoramos a memória, podemos gerir melhor nossas emoções e tomar decisões importantes, diminuir o estresse, irritabilidade, problemas no desenvolvimento e outros. Ter uma noite de sono ruim, vez ou outra, pode ser considerado comum, porém, quando se torna uma constante precisamos nos analisar e mudar comportamentos que estão ligados diretamente ao sono e que podem estar sendo prejudiciais para uma boa recuperação enquanto dormimos.

O sono reparador já começa pela manhã, ao acordar e decidir como iremos organizar e viver nosso dia desde o que vamos comer até se vamos nos exercitar ou não, e como vamos gerir nosso tempo até a noite. Para auxiliar nesse processo compartilhamos atitudes importantes que você pode assumir hoje mesmo para começar a desenvolver uma noite de sono mais saudável:

  • Fazer exercício físico, desde que não seja feito logo antes de dormir pois pode provocar ativação, ao invés de dar sinais ao seu corpo de que está chegando a hora de relaxar;
  • Evitar ver notícias e jornais, ler livros intensos, programas que deixem alerta logo antes de dormir: aproveite seu tempo antes de dormir para escrever sobre seu dia e suas emoções;
  • Substituir o consumo de bebidas e alimentos estimulantes como cafeína e açúcares, por chás calmantes e uma alimentação leve pela noite;
  • Diminuir o tempo de exposição a telas antes de dormir, pois o hormônio chamado melatonina que auxilia na indução ao sono, aumenta quando estamos no escuro;
  • Praticar atividades de lazer durante a semana e buscar uma vida de compromissos equilibrada;
  • Apostar em aromas agradáveis e relaxantes, organização do ambiente e luz baixa;
  • Ensinar ao seu corpo o horário de dormir e acordar todos os dias, criando um padrão de horários inclusive nos finais de semana.

Essas dicas fazem parte da higiene do sono, termo que se refere a uma limpeza de tudo o que influencia negativamente nosso sono. Ao fazê-las por um período e não perceber melhora, procure seu médico. Sempre é tempo de aplicar mudanças, comece com uma dica de cada vez! Ter um sono reparador é a garantia de mais disposição, bem-estar, bom humor e mais saúde para aproveitarmos aqueles que amamos e alcançarmos nossos objetivos, propósitos e sonhos.

Joicy R. Veras – Psicóloga CRP 12/18438

Referências: https://www.sleepfoundation.org/physical-health

https://j.pucsp.br/noticia/problemas-como-sono-afetam-cerca-de-40-da-populacao-mundial

ASSUNTOS RELACIONADOS